Conheça o gatilho mental da reciprocidade

Gatilho Mental da Reciprocidade

Uma forma bem simples de definir o que é reciprocidade é a frase: “É dando que se recebe”.

A ideia consiste em retribuir da mesma forma o que a outra pessoa nos ofereceu.

Por exemplo, quando você recebe um presente, provavelmente em algum momento no futuro você se lembrará disso e irá presentear essa pessoa em seu aniversário, natal ou qualquer outra oportunidade que tiver.

É algo inconsciente, a maioria das pessoas fazem e nem se dão conta.

Você já recebeu alguma amostra grátis? Como técnica de marketing, a amostra grátis tem um histórico de eficiência pura.

Geralmente uma pequena quantidade de um produto é oferecido para as pessoas gratuitamente, fazendo com que haja experimentação deste produto. Essa amostra grátis é nada mais nada menos que um presente, e lembra o que acontece quando alguém te dá um presente?

Como foi explicado acima quando você recebe um presente é gerado uma necessidade de retribuir, mas nesse caso a sua retribuição será comprar o produto, caso você tenha gostado da amostra.

Reciprocidade no Marketing Digital

Vender nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais nos dias de hoje que qualquer pessoa pode criar um novo produto e sair pela internet oferecendo a todos.

Um método que tem se mostrado bastante eficaz é a construção de blogs, onde a cada post o autor ajuda seus leitores de alguma forma, e com o passar do tempo esses leitores ficam tão agradecidos ao autor que quando o publica algum produto no blog as chances de vender são muito maiores.

Marketing De Conteúdo

Conhecido também como Inboud Marketing. O ponto principal aqui é o que você fornece algo de valor para seu cliente, antes de pedir algo em troca. Por este motivo é importante entender muito bem sobre seu público alvo, pra conseguir entregar algo realmente importante para ele, independente do formato escolhido.

Um dos exemplos mais básicos é um blog de viagens que sempre posta dicas interessantes e relata experiências pessoais sobre diferentes lugares.

Tudo isso é uma degustação do que você pode oferecer para a pessoa. Se, no final de um post com 5 dicas sobre o Caribe você ainda colocar um Guia Completo sobre o local disponível para download, o leitor não vai se sentir ofendido em deixar o e-mail dele em troca para baixar o arquivo.

E é assim que você vai gerar leads qualificados. Se a partir deste momento você lançar um serviço personalizado de roteiros de viagens, toda a sua base já qualificada estará muito mais propícia a contrata-lo, tanto pela confiança, quanto pela reciprocidade, pois você gerou valor para os leitores, criou um vínculo afetivo e de confiança.

Quando você vira fã de um blog, seja de moda, tecnologia, ou qualquer outro tema é pelo simples fato que o conteúdo oferecido por eles gera um valor para você. Te dá dicas baseadas em experiências pessoais e reais, e isso é o que mais cria conexão e confiança em você.

Gatilho da reciprocidade nas redes sociais

Um bom exemplo de sucesso desse gatilho é o uso dele nas redes sociais.

No Facebook é possível ver pessoas respondendo perguntas e ajudando as outras com frequência. E uma pessoa que tem um site, seja de vendas ou não, e resolve alguma dúvida de outra, e diz que no site dela é possível obter mais informações com certeza terá mais chances dessa pessoa clicar no link e visitar o site.

No Instagram esse gatilho funciona muito bem para aumentar a sua audiência. Muitas pessoas seguem outras com a intenção de haver essa reciprocidade.

Não abuse da boa vontade

Tome cuidado, se a técnica passar a ser um truque, uma forma de manipulação, a pessoa que a usa passa de benfeitor a aproveitador, e a regra não será mais um favor e sim uma mera tática de persuasão.

A regra diz que favor deve ser retribuído com favor, e não truque ser retribuído com favor.

E você, já conhecia o Gatilho da Reciprocidade? Já usava isso para engajar seu público? Me conta nos comentários abaixo.

Comentários